sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Sabe aquela frase "E quando você menos esperar, pode ser em uma caminhada, enquanto sai do ônibus, ou quando acorda. Mas quando você menos esperar vai passar, e você vai superar" Nunca coloquei muita fé nela, ainda mais porque parecia que eu jamais iria superar, que nunca iria passar, que todo o sentimento aqui, nada, absolutamente nada o faria passar ou minimiza. Como (sempre) algumas vezes a vida me mostrou que eu estava errada. Eu que fiz um drama, fiz tempestade em copo de xarope, que pensei provar o contrário do "pois ninguém nunca morreu de amor", vi que eu superei... Quando eu menos esperei... É totalmente estranho te olhar e não sentir nada... Nada além da certeza de que o tempo passou, e que com ele veio o sentimento apenas... da saudade do que fomos. Nada demais, apenas a saudade do tempo que se foi. Não o desejo de retorno, só... saudade. Uma saudade boa. Aquela que a gente sorri mais não doí mais. Eu te desejo toda a felicidade do mundo, todas as alegrias e sorrisos que a vida pode oferecer. Eu espero que você cada vez mais amadureça, porque apesar de ter crescido um pouco nesses meses, isso nem sempre é suficiente. Eu espero que você seja tudo o que mais deseja. E que encontre uma pessoa que te faça feliz, tanto quando você me fez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário